IMG_5057.JPG

Conceito: Lígia Soares e Rita Vilhena Co-Criação: Diogo Alvim Animação de vídeo: Mariana Castro Produção executiva (Portugal): Máquina Agradável Produção executiva (Holanda): Baila Louca Co-Produção: Rotterdamse Productiehuis Residências: Devir-Capa, Alkantara, Polo Cultural das Gaivotas Apoios: Malavoadora.porto, GDA - Gestão dos Direitos do Artistas.

Língua Inglês Duração 50’

TURNING BACKS é um projeto que visa a materialização do paradoxo: todos estamos incluídos na exclusão. Baseia-se numa instalação performativa, que combina voz, texto e dispositivos cénicos, para orquestrar, a partir de duas frentes opostas, duas linhas de espectadores representando juntos um mundo onde as realidades constantemente se opõem.

 

Virados de costas uns para os outros, os espectadores constituem uma espécie de corpo coral comandado por dois vídeos, duas frentes de luzes, quatro fontes sonoras e duas cenas.

As duas linhas de assentos não têm costas e obrigam cada espectador a utilizar as costas de outro como encosto. Esta condição será também uma base para refletir que estar costas com costas é afinal encostar a alguém sendo que, esse alguém, é exatamente a pessoa a quem virámos as costas